Curiosidades · Psicologia

Diferenças entre Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise de Forma Resumida

Atualizado em por

Você sabe Qual a diferença entre Psicologia, Psiquiatria e Psicanalise? Não? Não tem problema!

É muito comum que as pessoas façam confusão entre a psicologia, a psiquiatria e a psicanálise. Então, neste artigo resolvi abordar algumas das diferenças e semelhanças existentes entre esses campos de atuação, vamos nessa?

Psicologia e Psiquiatria

Diferenças entre Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise

Psiquiatria

Primeiramente, a psiquiatria é uma especialidade da medicina. Assim, para se tornar um psiquiatra é necessário fazer a faculdade de medicina e depois cursar uma residência de psiquiatria.

O psiquiatra trata o adoecimento mental por meio de medicação. Podemos citar como exemplos de adoecimento mental a insônia, a depressão, quadros de profunda ansiedade, esquizofrenia e muitos outros…

psiquiatria

Vale ressaltar que de certa forma as pessoas criaram uma ideia de que o psiquiatra é “médico para pessoas loucas”, e por essa razão, muitos deixam de procurar ajuda com o receio de serem julgadas como doidas.

O tema loucura gera uma discussão muito complexa, portanto, merece um artigo novo apenas para discuti-la a respeito.

Psicologia

Já a psicologia é uma ciência que estuda o comportamento humano e os processos mentais (aquilo que não é observável como: emoções, percepções e outros).

Veja também:  Bullying: 5 perguntas essenciais para entender, identificar e combater!

Podemos dizer em poucas palavras que a psicologia tem dois objetivos fundamentais: compreender o comportamento do ser humano em sua dimensão biológica, psíquica e social e buscar um método a fim de promover transformação, por meio da conversa, para que o sujeito possa ter uma vida mental mais saudável e harmoniosa.

Com o intuito de compreender e transformar o indivíduo, surgiram vários tipos de teorias e, consequentemente, vários tipos de tratamentos psicológicos diferentes. Por isso, é comum escutarmos opiniões contrarias mesmo entre psicólogos.

As teorias psicológicas de maior destaque na atualidade são: Junguiana, Psicanálise, Behaviorismo, Cognitivismo, Fenomenologia Existencial, Gestalt, entre outras…

Psicologia

Além das diferentes teorias que orientam a prática do psicólogo, existe também uma vasta área de atuação. Sendo assim, podemos encontrar psicólogos em escolas, hospitais, empresas, serviços de saúde mental, consultórios e outros e em cada uma dessas áreas há um foco diferente.

Psicanálise

Como dito ao final do tópico anterior, a psicanálise é um tipo de teoria que se propõe a compreender e a provocar mudanças no indivíduo.

A psicanalise foi criada por Freud em 1856. Foi uma teoria divisora de águas e que influenciou muitas outras correntes teóricas. A ideia fundamental da psicanalise é que o comportamento humano é influenciado grandemente por conteúdos inconscientes.

Veja também:  Ás vezes é preciso dizer adeus!

Explicando melhor, para Freud as pessoas agem de certa maneira devido a pensamentos que elas desconhecem, ou seja, pensamentos inconscientes.

psicanalise

A psicanálise é uma teoria que orienta a prática dos psicólogos, mas ela não é específica da psicologia. Para ser psicanalista não é necessário ser um psicólogo. Isso porque qualquer pessoa que tenha um curso superior e que fizer um curso que se chama “formação em psicanálise” estará autorizada a atender as pessoas e ser denominado psicanalista.

A rigor dizemos que um psicólogo faz terapia e um psicanalista faz analise. Uma característica marcante é que em um consultório de psicanálise você encontra o famoso divã que é um sofá onde o paciente deita virado de costas para o psicanalistas.

Uma das funções do divã seria deixar o paciente mais a vontade para falar.

Resumo

Para resumir todo esse conceito, podemos concluir da seguinte maneira (de forma simplória). O psiquiatra é aquele que cura por meio da medicação, já o psicólogo e o psicanalista tratam pela palavra (pela conversa). Um psicólogo e um psiquiatra podem ser também um psicanalista desde que façam uma formação em psicanálise.

Já o Psicanalista só poderá ser considerado um Psicólogo ou Psiquiatra se fizer o curso de formação em psicologia ou medicina respectivamente.

Veja também:  Como assim já é Natal?

Ficou alguma dúvida? Quer esclarecer algo mais? Escreva-nos! Será um prazer lhe responder.

O Lysis Psicologia agradece a sua visita!

Gostou do post? Dê um curtir no Facebook aqui embaixo…

Orientação Psicológica Online

Quer receber mais posts como esse? Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades do Blog!
Vou lhe comunicar por e-mail sempre que houver algo novo!
Politica de segurança de e-mail, 100% protegido contra SPAM

Diferenças entre Psicologia, Psiquiatria e Psicanálise de Forma Resumida
5 (100%) 139 votes

Psicóloga graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, pós-graduanda em Arteterapia pelo IJEP (INSTITUTO JUNGUIANO DE ENSINO E PESQUISA) e proprietária do Lysis Consultório de Psicologia. Ser Psicóloga é entrar em contato direto com as fragilidades e potencialidades humanas. Estar em contato direto com o intimo de cada ser, é o que dá sentido a minha existência. CRP Ativo 06/120305

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *