Pais e Filhos · Psicoterapia · Transtorno de Desenvolvimento

Transtornos de Aprendizagem? Conheça os principais!

Transtornos de Aprendizagem o que são?

O Código de Doenças Internacionais (CID10) define os Transtornos de Aprendizagem como sendo transtornos nos quais os padrões normais de aquisição de habilidades são perturbados desde os estágios iniciais do desenvolvimento. Eles não são simplesmente uma consequência de uma falta de oportunidade de aprender nem são decorrentes de qualquer forma de traumatismo ou de doença cerebral adquirida. Ao contrário, pensa-se que os transtornos originam-se de anormalidades no processo cognitivo, que derivam em grande parte de algum tipo de disfunção biológica.

Os problemas de processamento tem base neurológica e podem interferir na aprendizagem de habilidades básicas, como leitura, escrita e/ou matemática. Eles também podem interferir com habilidades de nível superior, como organização, planejamento do tempo, raciocínio abstrato, memória e atenção a longo ou curto prazo. É importante perceber que as dificuldades de aprendizagem podem afetar a vida de um indivíduo além da escola e também as relações com familiares, amigos e no local de trabalho.

Transtorno de Aprendizagem

Importância da Avaliação

Uma vez que as dificuldades com a leitura, a escrita e a matemática são problemas reconhecíveis durante os anos escolares, os sinais e sintomas dos transtornos de aprendizagem são mais frequentemente diagnosticados durante esse período. No entanto, alguns indivíduos não recebem uma avaliação correta até que estejam no ensino médio ou superior, ou até mesmo adultos já no mercado de trabalho. Algumas pessoas podem nunca receber uma avaliação e passar pela vida, sem saber por que eles têm dificuldades na escola ou universidade e por que eles enfrentam problemas em seus empregos ou em relacionamentos com familiares e amigos.

Os transtornos de aprendizagem não devem ser confundidos com dificuldades de aprendizagem que são principalmente o resultado de deficiências visuais, auditivas ou motoras, de atraso mental, de perturbação emocional ou de desvantagens ambientais, culturais ou econômicas.

Transtornos de Aprendizagem

De um modo geral, as pessoas diagnosticadas com transtornos de aprendizagem são de inteligência média ou acima da média. Muitas vezes, parece haver uma lacuna entre o potencial do indivíduo e a realização real. É por isso que os transtornos de aprendizagem são referidos, em alguns casos, como “deficiências ocultas”: a pessoa parece perfeitamente “normal” e parece ser uma pessoa muito brilhante e inteligente, mas pode ser incapaz de demonstrar o nível de habilidade esperado de alguém da mesma idade.

Um transtorno de aprendizagem não pode ser curado ou corrigido. É um desafio ao longo da vida. No entanto, com apoio e intervenção adequados, as pessoas com algum quadro relacionado a transtorno de aprendizagem podem alcançar o sucesso na escola, no trabalho, nos relacionamentos e na comunidade. O processo de psicoterapia infantil também é compreendida como um suporte de re-significação diante das dificuldades que a criança enfrenta devido ao ser diagnosticada.

Preparamos abaixo uma lista dos principais transtornos de aprendizagem:

Transtorno de processamento auditivo

Também conhecido como Transtorno de processamento auditivo central. É uma condição que afeta negativamente como o som que viaja sem impedimento através da orelha é processado ou interpretado pelo cérebro. Indivíduos com este transtorno não reconhecem diferenças sutis entre sons em palavras, mesmo quando os sons são altos e claros o suficiente para serem ouvidos. Eles também podem achar difícil dizer de onde são os sons, dar sentido à ordem dos sons ou bloquear os ruídos de fundo concorrentes.

Discalculia

Trata-se de uma deficiência de aprendizagem específica em matemática. Afeta a capacidade de uma pessoa entender números e aprender fatos de matemática. Indivíduos com discalculia também podem ter uma má compreensão de símbolos de matemática, podem lutar com memorizar e organizar números, ter dificuldade em dizer tempo ou ter problemas com a contagem.

Transtornos de Aprendizagem

Disgrafia

Uma deficiência de aprendizagem específica que afeta a capacidade de escrita da pessoa e as habilidades motoras finas. Os problemas podem incluir escrita a mão ilegível, espaçamento incompatível, mal planejamento espacial no papel, má ortografia e dificuldade em compor escrita, bem como pensar e escrever ao mesmo tempo.

Transtorno de Aprendizagem

Dislexia

Uma deficiência de aprendizagem específica que afeta as habilidades de leitura e processamento de linguagem relacionadas. A gravidade pode diferir em cada indivíduo, mas pode afetar a fluidez da leitura, a decodificação, a compreensão de leitura,a soletração, a escrita, a ortografia e, às vezes, a fala e pode existir junto com outros distúrbios relacionados. A dislexia às vezes é referida como uma incapacidade de aprendizagem baseada na linguagem.

Transtorno de Aprendizagem

Transtorno Correlato

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma síndrome de base genética bastante relevante. Trata-se de um transtorno de neurodesenvolvimento. Está relacionada com a regulação de um determinado conjunto de funções cerebrais e comportamentos relacionados.

É um distúrbio que inclui dificuldade em manter o foco e prestar atenção, dificuldade em controlar o comportamento e hiperatividade. Embora o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) não seja considerado uma deficiência de aprendizagem, pesquisas indicam que de 30 a 50 por cento das crianças com TDAH também têm uma deficiência de aprendizagem específica e que as duas condições podem interagir para tornar o aprendizado extremamente desafiador.

Orientações aos pais

Se você desconfia que seu filho esteja enfrentando algum tipo de dificuldade no ambiente escolar, procure ajuda de um profissional especializado. Quanto mais cedo se fizer um diagnóstico, mais rápido a criança poderá contar com ajuda de profissionais como fonoaudiólogos, psicólogos e psicopedagogos. Assim, muito provavelmente também se conseguirá evitar problemas decorrentes que atingem  a auto-estima.

É fundamental que os pais, professores e principalmente a criança entendam a natureza do problema, para que ela desenvolva uma opinião positiva sobre si mesma.

Tatiana Pimenta, CEO e Fundadora da Vittude, startup que conecta psicólogos e pacientes para atendimento presencial e online.

Gostou do post? Dê um curtir no Facebook aqui embaixo…

 
Quer receber mais posts como esse? Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades do Blog!
Vou lhe comunicar por e-mail sempre que houver algo novo!
Politica de segurança de e-mail, 100% protegido contra SPAM
Transtornos de Aprendizagem? Conheça os principais!
5 (100%) 6 votes

Psicóloga graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e proprietária do Lysis Consultório de Psicologia. Ser Psicóloga é estar em contato direto com as fragilidades e potencialidades humanas. Estar em contato direto com o intimo de cada ser, é o que dá sentido a minha existência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *