Psicologia · Psicoterapia · Relacionamentos Afetivos · Sentimentos · Transtornos de Comportamento

Amores Tóxicos: 20 frases presentes em um relacionamento destrutivo!

Atualizado em por


Relacionamento destrutivo
Não, isso não é amor!

Ah o amor.. aquele desejo de estar exclusivamente na companhia do amado(a) 24 horas por dia, de não desgrudar para nada, afinal você não saberia sobreviver sem ele (ela). Aquele desejo de seguir cada passo nas redes sociais, controlando os horários, a roupa e até mesmo os amigos. E por fim, aquele desejo “romântico” de querer colocá-lo dentro de um potinho!

Ei, isso NÃO é amor, é inicio de um relacionamento DESTRUTIVO/ABUSIVO! Saia enquanto há tempo!

Em meio a uma sociedade em que acredita que o bem estar e a felicidade acontecem exclusivamente quando estão em um relacionamento afetivo,fortalecem a permanência em relacionamentos falidos e tóxicos apenas por medo de enfrentarem a vida na própria companhia, aumentando cada vez mais o número de relacionamentos abusivos em todas as faixas etárias e níveis sociais.

É importante ressaltar que ninguém permanece em um relacionamento destrutivo porque gosta, mas sim pela impossibilidade de observar os comportamentos do parceiro (a) como abusivo. Em alguns casos a dependência financeira também impede de dar fim ao relacionamento destrutivo.

Você sabia que uma das estratégias para não entrar em relações falidas e destrutivas é através do autoconhecimento e do auto respeito? Mas nem sempre conseguimos construir esse fortalecimento emocional sozinhos, por isso, a psicoterapia pode te auxiliar a reconstruir estratégias de enfrentamento. Portanto se você é de São Paulo e região e está buscando auxílio para superar este tipo de relação, saiba que você pode entrar em contato comigo e agendar a sua primeira sessão facilmente clicando aqui, ou me enviando uma mensagem por WhatsApp no botão abaixo.

Veja também:  Transforme-se em uma melhor versão de si!

Mensagem WhatsApp

Nota: Devido ao grande volume de mensagens que estou recebendo via WhatsApp, estou respondendo somente aos interessados no agendamento da sua primeira sessão presencial, portanto, se você desejar algum esclarecimento sobre o texto, deixe um comentário ao final do artigo e eu responderei assim que possível pelo site. Conto com a compreensão de todos, obrigada!

Relacionamento destrutivo
Amor tóxico!

Mas o que é um relacionamento Destrutivo?

É uma relação baseada em controle, ciúmes, manipulação, desrespeito, intimidação, superioridade, possesividade, agressões físicas, agressões verbais, agressões psicológicas, agressões sexuais e abuso de poder sobre a decisão do parceiro (a).

Quanto mais às pessoas se colocarem a disposição do parceiro (a), se afastando de si e deixando de lado suas prioridades, mais o relacionamento destrutivo reinará.

Quais são as características de quem promove a destrutividade no relacionamento?

São pessoas que possuem em sua personalidade características como superioridade, necessidade de controle de comportamento e dos sentimentos, necessidade de ser amado/idolatrado e que apresentam muita dificuldade de demonstrar amor, cuidado e acolhimento, por isso buscam nas vítimas características contrárias,para suprir necessidades psíquicas que muitas vezes estão reprimidas ou não foram re – significadas, mantendo um padrão infantilizado de busca de atenção.

Relacionamento destrutivo
Não fique em relacionamentos destrutivos!

Se essas características são tão negativas, como as pessoas não percebem que estão em um relacionamento destrutivo?

Pessoas suscetíveis a esse tipo de relacionamento são caracterizadas por personalidades dependentes afetivamente. As vítimas desse tipo de relação abusiva são pessoas que possuem facilidade em dar amor e acolhimento, e que coloca o outro como prioridade, fazendo o possível e o impossível para promover felicidade e bem estar para o parceiro (a), esquecendo de si.

Outra característica presente nas pessoas que se encontram em relacionamentos destrutivos é a fragilização da auto estima, ao ponto de não se sentir capacitada para ir em busca dos próprios desejos e sonhos, sem que estejam em companhia de uma outra pessoa.

Veja também:  Doces ou travessuras? Quando o medo nos impede de aproveitar as delícias da vida!

Outro aspecto importante é a neutralização e a naturalização que a mídia e a sociedade impõem através de seus personagens de filmes, novelas e músicas, em que a possessão é confundida com amor e paixão,  e a mulher é desvalorizada e associada com o sexo frágil e um ser totalmente dependente afetivamente.

Relacionamentos destrutivos
Não fique em relacionamentos destrutivos!

Vale ressaltar que, relacionamentos destrutivos acontecem também dentro da própria família, nas rodas de amigos, e não escolhe sexo, cor ou religião. Sendo assim, a seguir você irá se deparar com comportamentos e falas de pessoas que são destrutivas e abusivas nos relacionamentos, isso vale para homens e mulheres, casais homossexuais ou heterossexuais.

Conheça as 20 frases presentes em um relacionamento destrutivo!

  1. Você não tem capacidade para conseguir fazer isso sem a minha ajuda.
  2. Você não vai sair com essa roupa.
  3. Você é sempre o/a responsável pelas nossas discussões.
  4. Você é culpada por nada dar certo na minha vida.
  5. Você não tem amigos/amigas porque ninguém te suporta.
  6. Só eu para aguentar você mesmo, sem mim você não é nada.
  7. Eu não quero que você saia com aqueles seus amigos /amigas.
  8. Porque você está online a essa hora?
  9. Eu não quero que você tenha amigos homens/amigas mulheres.
  10. Eu confio em você, só não confio neles.
  11. Eu quero te colocar em um potinho, assim você será só meu/minha.
  12. Você não pode sair sem me pedir permissão ou sem me avisar.
  13. Eu posso porque eu sou homem.
  14. Você não pode, eu não quero que você vá ou faça.
  15. Eu sou seu amigo/amiga não precisa de mais ninguém.
  16. Você fez isso de propósito, só para me machucar.
  17. Ninguém se importa com você, só eu.
  18. Eu sinto ciúmes porque eu te amo.
  19. Quando nos conhecemos você se cuidava mais, como eu vou ter atração por você assim?
  20. A partir de agora eu sou sua família.


As falas supracitadas são angustiantes de serem lidas, quando vivenciadas no dia a dia promovem um sofrimento intenso. Se você se identificou com essas falas e comportamentos, seja como o causador da destrutividade do relacionamento, ou como a própria vitima, não fique parado dê o primeiro passo e busque acompanhamento psicológico.

Veja também:  Pratique o Amor Próprio!

Esse ciclo precisa ser quebrado, faça psicoterapia e desfrute da liberdade de se sentir completo, para que o outro te transborde apenas de sentimentos bons! Busque ajuda!

Não tenha vergonha de ir em busca deste fortalecimento emocional, a fim de sair dessas relações destrutivas que só causam a anulação da sua essência. A Orientação Psicológica Online também pode te auxiliar de forma breve e focal rumo a liberdade desta relação que só te fere. Confira aqui como solicitar o acompanhamento psicológico online rumo a primeira sessão em busca deste fortalecimento.

Não permita que o medo continue te aprisionando nesta relação tóxica e destrutiva, entre em contato e vá em busca da sua autonomia! Vamos caminhar juntos em busca do retorno da sua felicidade!

Gostou do post? Dê um curtir no Facebook aqui embaixo e não deixe de se cadastrar para receber mais posts como esse…

Clinica de Psicologia Lapa SP
 
Quer receber mais posts como esse? Cadastre seu e-mail e fique por dentro de todas as novidades do Blog!
Vou lhe comunicar por e-mail sempre que houver algo novo!
Politica de segurança de e-mail, 100% protegido contra SPAM
Amores Tóxicos: 20 frases presentes em um relacionamento destrutivo!
5 (100%) 158 votes

Psicóloga graduada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, pós-graduanda em Arteterapia pelo IJEP (INSTITUTO JUNGUIANO DE ENSINO E PESQUISA) e proprietária do Lysis Consultório de Psicologia. Ser Psicóloga é entrar em contato direto com as fragilidades e potencialidades humanas. Estar em contato direto com o intimo de cada ser, é o que dá sentido a minha existência. CRP Ativo 06/120305

28 comentários em “Amores Tóxicos: 20 frases presentes em um relacionamento destrutivo!

  1. Meu Deus, ler as frases foi como reviver momentos dolorosos da minha Vida Conjugal. Foi doloroso. Claro que nem tudo foi só opressão em meu Casamento, mas os abusos verbais eram tão frequente que eu me admiro de não ter percebido antes. :'(

    1. Olá Aline! Obrigada por compartilhar sua experiência conosco! Mas não se culpe por não ter percebido antes, o importante é nunca mais nos permitir ser anuladas diante da vida e das próprias vontades! Toda relação deixa um aprendizado! Obrigada por acompanhar meu trabalho! Se cuida 😉

  2. Ola Doutora boa tarde, vi as pessoas comentando acima que todas foram vitima de relacionamentos abusivos, mas eu vim aqui dizer que nao sou a vitima mas sim, que em meu casamento eu tenho ciumes demais e isso ta levando a ruina do meu casamento, nao consigo confiar de jeito nenhum no meu esposo, trouxe grandes consequencias dos meus pais pra dentro do meu lar, meu pai homem bem dificil, saia quase todas as noites pro baile e deixava eu, minha mae e irma em casa, traiu varias vezes a minha mae e ela tem problemas psicologicos antes de se casar, eu fui vendo tudo isso e cresci nesse ambiente onde nunca saiam conosco, pai muito estupido conosco, cresci casei e de jeito nenhum consigo confiar em meu esposo, eu era muito braba com ele, melhorei nesse aspecto mas a confiança essa nao consigo ter, eu era mais firme, mas nem em mim mais consigo me ver direito e fazzer as minhas coisas direito, sempre tenho que estar por dentro do que ele faz, o que posso fazer, antes de me divorciasr, tenho um bb de 2 anos e 8 meses, os pais do meu esposo sao separados, o casamento dos meus pais so pela misericordia, nao vi ali um casamento verdadeiro, firme.

  3. eu adoro seus artigos já tive um relacionamento extremamente agressivo
    e até hoje sinto que essa pessoa usa influencias externas para tentar atrapalhar a minha vida
    sabe aquele caso de vampirismo energético ?
    então eu me sinto vampirizada
    e o pior é que essa pessoa faz isso escondido por debaixo dos panos
    achando que nunca seria descoberto BEIJOS DOUTORA
    ADORO SEU BLOG

    1. Olá Dora! Muito obrigada por acompanhar meus trabalho e por todo carinho comigo! Você sempre será muito bem vinda aqui! Talvez seja importante você construir barreiras protetivas para que ninguém mais consiga “roubar” sua energia! Dentro do processo de psicoterapia você conseguirá encontrar recursos próprios para reconhecer e não mais se permitir entrar em relações tóxicas e abusivas! Cuide-se! 😉

  4. Identifiquei algumas (2) frases que já ouvi , mas estou noutra cidade aliás noutro estado, como fazer contato ? Outra coisa, tenho na família um caso de uma moça que tem um companheiro usuário de drogas que a explora financeiramente é pior ela passou a usar maconha e a beber tanto quanto ele que usa essas e outras variedades de drogas. O que se pode fazer para ajudar nesse caso? Parabéns pelo material divulgado !

    1. Olá Silvia! Obrigada por estar aqui! Eu realizo Orientação Psicologica Online, se desejar iniciar o acompanhamento estou a disposição, basta me contactar via e-mail ou WhatsApp que passarei as informações! Entendo sua preocupação com a sua familiar, porém ela precisa apresentar o desejo de ser ajudada, precisa fazer sentido para ela! Se cuida e me coloco à disposição! 😉

  5. estou a 20 anos casada e não consigo sair do meu relacionamento tenho 3 filhos co. ele 3 11 17 que já estão doentes nessa relação também não tenho família nem ele é queria muito me ver livre mas também sou dependente dele?sofro muito e estou com minha saúde afetada pressão muito até 18 19 20 sofro muito todos os dias !queria me internar!

    1. Olá Maria! Gratidão por acompanhar meu trabalho! Diante de toda essa situação não esqueça de cuidar de você!Entendo o quanto a questão financeira influência em possíveis decisões, mas não deixe que essa situação prejudique seu bem estar! Cuide-se! 😉

  6. Meu “companheiro” (se é que posso chamá-lo assim?!) foi preso três vezes, sendo que na primeira a gente não se conhecia e descobri somente neste ano e o visitei somente uma vez, em 2014, na segunda vez.
    Ocorre que após a terceira vez, ele começou a ficar agressivo, verbalmente falando e me insultando várias vezes. Infelizmente, achando que fosse um momento, algo passageiro, engravidei e nossa pequena nasceu. Como dou atenção exclusiva para ela (ela tem 1 ano e 8 meses), creio que isso o tenha enciumado (que absurdo ter ciúmes da própria filha), sendo que enquanto estava grávida, quase parindo avisei a ele que ela teria atenção minha exclusivamente, mas que não era para ele se sentir “jogado”. Um dia depois do batizado dela, ela chorou em casa por conta de cólicas e ele desejou a morte para a própria filha e ainda ameaçou dar um soco na boca dela (ela com 2 meses) para que parasse de chorar. Sai do quarto e dormi com ela num sofá-cama na cozinha. Meu sentimento por ele foi ruindo até desaparecer. Hoje não sinto nada por ele e quero apenas o bem-estar da minha pequena, que ela tenha uma vida melhor que a minha. Sei que me separando formalmente posso ter a guarda dela compartilhada com ele e, em represá-lia ao fim, ele fazer algo contra ela. Tenho muito receio!

    1. Olá Thais, obrigada por compartilhar essa vivencia conosco. Imagino o quanto foi e é difícil conviver com essa situação que causou feridas na alma. Mas o quanto o seu relato pode vir a auxiliar outras mulheres a terem a mesma força que você tem. Cuide-se, não se cale e vá em busca de seus direitos, inclusive direito de voltar a ser feliz por completa. Gratidão por estar aqui. Se cuida.

    1. Olá Giovani!Primeiramente muito obrigada por acompanhar o blog ! Você sempre será bem vindo aqui 😉

      Entendo o quanto essa situação te promove sofrimento e frustração! Mas talvez esquecer não seja a melhor solução, pois de qualquer forma, essa pessoa fez parte da sua vida, e todos que passam por ela deixam um aprendizado!

      Talvez seja importante re-significar essa história com o auxílio de Psicoterapia, até para entender melhor como se posicionar diante desta situação.

      Mas não deixe de se priorizar e cuidar de você!😉

  7. Boa noite Aline,
    Primeiramente parabéns pelo belo texto e explicação de tópico tão complexo. Quando eu pesquisei na internet por “relacionamentos destrutivos” eu espera encontrar algo relacionado a influência que um parceiro causa em outro de uma forma destrutiva. Exemplo: Uma moça começa a se relacionar com um rapaz que usa drogas e passa a influencia-la ao uso também. Uma moça que fuma e bebe passa a sair com um rapaz e faz com que ele adquira estes vícios. Mulheres que não apoiam os maridos e podam suas iniciativas, fazendo com que eles não se desenvolvam. Ou vice e versa. Achei que encontraria uma reflexão sobre este ponto de vista. Você acha que estes tópicos não se encaixam neste tema? O que você poderia “falar” sobre isso?
    Obrigado.

    1. Olá Maximiliano, obrigada por acompanhar os posts, seja sempre bem vindo!
      Acho válido a sugestão dos itens que você supracitou. Todos os exemplos que você citou me faz pensar sobre o quanto as pessoas se anulam de seu poder de escolha apenas para agradar e se sentir aceitos! Talvez esse seja um tema para uma próxima produção 😉
      Obrigada!

    2. Olá !me identifiquei muito com sua pergunta,creio q esta questão de amores destrutivos tenha muito a ver com a má influência de um namorado drogado..eu por experência própria ..me relacionei com alguém q era possessivo e tirano .com o passar do tempo descobri que ele tava usando crack. e sempre q nos encontrávamos ele usava e me oferecia .nca aceitei o entanto comecei a ser escrava da situação indo junto para lugares como bqueiras buscar drogas com ele.ate q começou as agressões físicas do nada.ai não suportei.indaa sofro mas a pessoa que amava já não existia .o q restou foi um monstro q do nada me estranhava e me humilhava d todas as formas esse relacionamento durou 8anos..Mas me livre I a droga e realmente invincible.

      1. Olá Marli!
        Muito obrigada por você compartilhar sua história conosco! Imagino o quanto foi difícil passar por tudo isso!Cada vivência nos promove novos aprendizados e que a cada dia mais você possa cuidar com amor de si mesma, reconhecendo que merece um relacionamento baseado em reciprocidade positiva! Gratidão por estar aqui! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *